ULTIMAS NOTÍCIAS

Quixeramobim(CE):Escândalo! Padre é acusado de engravidar adolescente de 15 anos


imagem ilustrativa
O religioso de aproximadamente 45 anos, deixou a adolescente grávida; o caso é de revolta por parte dos religiosos.

Um grande escândalo na cidade de Quixeramobim, na região Central do Ceará, estava sendo abafado por muitos. Trata-se de um suposto envolvido de um padre da Igreja Católica, com uma adolescente de apenas 15 anos.

De acordo com uma fonte fidedigna do portal Revista Central, a adolescente está grávida do padre. Ele por sua vez, já deixou a cidade sem prestar nenhuma ajuda. Os avós, por serem católicos, também tentam abafar a gravidez, mas a “vítima” já abriu a boca, causando uma grande revolta por parte dos fies, em relação ao pároco. Diante de tanta pressão, a adolescente já teria tentado cometer suicídio.

A adolescente residente na Maravilha, inclusive, é considerada como um dos bairros mais populares e carente de assistência social. A menina era envolvida com atividades religiosas.

O portal Revista Central manteve contato com a Delegacia de Polícia Civil de Quixeramobim, lá nada foi registrado pela família. Na igreja onde o padre celebrava as missas ninguém atenderam as ligações.

Durante este domingo, 22, o bispo ddiocesan, Dom Ângelo Pignole, sempre correto em suas decisões, foi até a Paróquia falar com os católicos. O ministério do sacerdócio já afastou o acusado[padre] das atividades religiosas.

Até o momento, não foi possível colher as informações se o padre mantinha um relacionamento duradouro com a menor, inclusive, antes dos 14 anos. É pertinente saber se havia permissão da adolescente.

O Ministério Público e a Polícia Civil deverão iniciar investigação, para que este caso seja apurado com as devidas transparências.

Por não ter nenhum registro ainda nos órgãos oficiais, neste momento o nome da Igreja e do Padre foram preservados.

O Código de Direito Canônico não permite que padre ou bispo tenha relacionamento com mulheres, especialmente, com casos dessa natureza. O acusado deverá ser expulso da Igreja.

É fundamental frisar que este é um caso isolado, tendo em vista que a Diocese de Quixadá em dezenas de padres sérios e que merece o respeito da população.

Fonte:Revista Central

Postagem mais recente Postagem mais antiga