ULTIMAS NOTÍCIAS

Chacina no Rio Grande do Norte pode ser mais um capítulo da guerra entre PCC x CV


A chacina que deixou seis mortos e vários feridos na tarde desta quinta-feira (27), em uma pequena cidade do Interior do vizinho estado do Rio Grande do Norte mostrou que a “guerra” declarada nacionalmente entre as facções criminosas Comando Vermelho (CV) e Primeiro Comando da Capital (PCC) está bem perto de chegar definitivamente ao Ceará.

O ataque dos bandidos do CV foi fulminante nas ruas de João Câmara (a 74Km de Natal). Bandidos fortemente armados, ocupando um carro e algumas motocicletas invadiram a cidade  em plena luz do dia, por volta de 15h30, e saíram “catando” os inimigos de casa em casa.

Segundo o relato dos moradores onde ocorreu a matança, as vítimas eram arrastadas de suas residências para o meio da rua e obrigadas a ficar de joelhos, quando, então, eram eliminadas friamente com tiros na cabeça, execuções semelhantes aos atos de eliminação de vidas humanas praticadas por terroristas do Estado Islâmico.

A “guerra” entre as duas facções veio com a quebra do pacto pela não violência em vários Estados do Norte e Nordeste. Começou em Roraima, dentro de um presídio, onde oito detentos foram sumariamente eliminados. Daí em diante, foi dado um “Salve Geral” (ordem máxima dos chefões das facções) para que a matança tivesse início.

Aqui também

No Ceará, onde os setores de Inteligência já comprovaram a  presença de, ao menos, três facções criminosas (além de CV e PCC há também a Família do Nordeste/FDN), as taxas de homicídios que haviam recuado desde o começo do ano, por conta da pacificação das áreas dominadas pelo crime, voltaram a registrar aumento de homicídios, assim como vem ocorrendo com freqüência dentro dos presídios.

Do começo do mês até esta sexta-feira, já foram registrados 125 assassinatos na Grande Fortaleza, sendo 60 na Capital e outros 65 nos Municípios que compõem a faixa metropolitana (Aquiraz, Cascavel, Caucaia, Chorozinho, Eusébio, Guiaúba, Horizonte, Itaitinga, Maracanaú, Maranguape, Pacajus, Pacatuba,Pindoretama, São Gonçalo do Amarante).

No intervalo entre os dias 1º e 27, as autoridades registrados na Grande Fortaleza, oito múltiplos homicídios, sendo 1 quádruplo assassinato (no presídio CPPL 3), dois triplos (um na comunidade da Estiva, no bairro Serviluz; e outro na Estrada Velha do Icaraí, em Caucaia); além de  cinco casos de duplos homicídios, nos bairros Centro, Montese e Jardim América; além de Maranguape e Eusébio.

Blog do Fernando Ribeiro

Postagem mais recente Postagem mais antiga