ULTIMAS NOTÍCIAS

Segurança baleado por policial em briga no show de Safadão fica paraplégico


Um dia após a confusão entre um policial militar e alguns seguranças de festa de Wesley Safadão, no Terminal Marítimo de Passageiros do Mucuripe, em Fortaleza, na madrugada desta quarta-feira (12), uma triste notícia. Em entrevista ao programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, a mãe do segurança baleado afirmou que seu filho, Bruno Castro Francilino, de 24 anos, ficou paraplégico.

Segundo a mãe de Bruno, que preferiu não se identificar, os médicos e os exames já atestaram que o seu filho não deverá mais andar. “Desde que ele deu entrada no hospital, foram feitos alguns exames e em todos as notícias não foram boas. Segundo o médico que está atendendo meu filho, ele já está paraplégico”, conta.

“Já chorei demais. Estou sem reação. Foi uma covardia tremenda. Esse policial não merece ser policial. Ele não estava lá para se divertir, mas sim pra brigar e atingir alguém”, acusou a mãe.

A mãe conta que ele ainda não sabe da notícia. “Não sei qual a reação dele quando descobrir isso. Ele já chora demais de dor. Realmente é muito triste”, conclui.

Entenda o caso






Na madrugada da última quarta-feira (12), o policial militar Johnatan Tiago Silva de Andrade foi preso em flagrante e indiciado no 9º Distrito Policial após atirar contra dois seguranças.

O policial se envolveu em uma confusão com um dos seguranças do local e, após desentendimento, acabou lesionando a vítima nas costas. Em seguida, quando estava sendo imobilizado, lesionou um segundo homem que também fazia a segurança da festa. As vítimas foram socorridas para o Instituto Dr. José Frota (IJF) e o policial foi preso em flagrante.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou o caso será encaminhado à Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (CGD).

Tribuna do Ceará

Postagem mais recente Postagem mais antiga