Header Ads

Header ADS

TV Varjota em Destaque - Ao vivo

Aos 86 anos, ladra de joias é presa ao roubar colar de diamantes

A idosa Doris Payne, de 86 anos, voltou a ser presa por roubo nos arredores de Atlanta, nos Estados Unidos, na última terça-feira. Com um longo histórico de furtos, Payne atacou novamente ao tentar sair de uma loja com um colar de diamantes no valor de 1.195 dólares (cerca 4.000 reais).

Segundo o porta-voz da polícia de Dunwoody, Mark Stevens, o episódio aconteceu na loja de departamento Von Maur. Doris ia levar a joia no bolso traseiro de sua calça, mas foi pega na saída do estabelecimento e enfrentará queixa por furto.

Ao longo de sessenta anos atuando como ‘ladra profissional’, Doris contabiliza numerosas passagens pela cadeia. No ano passado, ela foi acusada de furtar um par de brincos de 690 dólares (cerca de 2.300 reais) de uma filial da loja Saks em um shopping de Atlanta.

Autoridades afirmam que ela roubou incontáveis joalherias pelo mundo e sua “carreira” chegou a ser tema de um documentário de 2013, chamado The Life and Crimes of Doris Payne (A Vida e os Crimes de Doris Payne).

Em entrevista à agência Associated Press, no início do ano, a idosa disse que percebeu o crime como uma forma de se sustentar ainda na infância. Quando criança, o dono de uma loja a deixou provar relógios e esqueceu que ela estava com o objeto, fazendo Doris perceber que era fácil se aproveitar de distrações para pegar produtos de valor.

Segundo o jornal The Guardian, a Aliança de Segurança dos Joalheiros chegou a emitir alertas sobre Doris ainda nos anos 1970. Ao longo da vida, a ladra teve pelo menos 22 pseudônimos e tem passagens pela polícia em diversos estados americanos.

Fonte:Veja
Tecnologia do Blogger.