ULTIMAS NOTÍCIAS

Fim de semana no Ceará foi o mais sangrento do ano, com 71 mortes. Números superaram índices da violência no Carnaval e na Semana Santa


Com os números finalizados pelos órgãos da Segurança Pública, o balanço das ocorrências policiais registradas entre a última sexta-feira (16) e a segunda (19) em todo o Estado, mostrou que o Ceará teve o fim de semana mais violento do ano. Nada menos, que 71 pessoas morreram em 63 assassinatos, além de oito óbitos em acidentes de trânsito. No feriadão de Carnaval de 2016 foram 53 homicídios; e na Semana Santa, 50.

Somente a Região do Cariri foi a responsável por 21 mortes violentas, sendo 19 homicídios e duas lesões corporais seguidas de morte. E o Município de Juazeiro do Norte (a 598Km da Capital) foi palco de 17 dos 21 Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs). Na mesma região foram registrados também assassinatos mais quatro crimes de morte, sendo dois no Município do no Crato, além de homicídios Barbalha e Jardim.

Regiões

Em Fortaleza, Capital, a Polícia registrou 10 casos de homicídios nos seguintes bairros: Quintino Cunha (dois casos), Vicente Pinzón, Autran Nunes, Moura Brasil, José Walter, Monte Castelo, Jardim Guanabara, Granja Portugal e Siqueira.

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), foram também 10 casos de assassinatos e lesões corporais seguidas de morte nos Municípios a seguir: Eusébio (três casos), Pacajus (dois casos), Itaitinga (dois casos), Horizonte, Pacatuba e Maranguape.

Na região Interior Norte, 11 homicídios ocorreram no fim de semana nos seguintes Municípios: Paraipaba (dois casos), Trairi (dois casos), Tejuçuoca, Redenção, Pentecoste, Crateús, Guaraciaba do Norte, Parambu e Madalena.

Matança

Na Região Interior Sul, foi registrado o maior número de assassinatos no fim de semana. Nada menos, que 29 pessoas foram mortas nos seguintes Municípios: Juazeiro do Norte (16 casos), Crato (três casos), Russas (dois casos), Limoeiro do Norte (dois casos), Pedra Branca, Barbalha, Jardim, Aracati, Quixeré e Iguatu.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que já está investigando a sequência de mortes em Juazeiro do Norte, a partir do assassinato de um policial militar, crime ocorrido na noite da última sexta-feira, no bairro Lagoa Seca. A vítima foi o soldado PM Deyjakson Araújo de Viveiros, 32 anos, pernambucano, que era destacado no Ronda do Quarteirão da cidade do Crato.

Com informações do Jornalista Fernando Ribeiro

Postagem mais recente Postagem mais antiga