ULTIMAS NOTÍCIAS

Guerra às drogas nas Filipinas já matou mais de 6 mil pessoas


O governo das Filipinas disse que está vencendo a guerras às drogas e que agora as ruas estão mais seguras apesar das terríveis imagens de corpos espalhados pelas estradas do país.


O presidente Rodrigo Duterte fez uma promessa de livrar o país de traficantes de drogas e, em seis meses de uma campanha brutal, mais de 6 mil pessoas foram mortas por ataques policiais ou nas mãos de vigilantes.

O país também viu mais de 900 mil dependentes químicos se entregarem, com muitos deles sendo colocados em jaulas super-lotadas e o confisco de bilhões de libras em drogas ilícitas.

Mas apesar do número crescente de mortes, o governo filipino disse que está traçando um caminho para livrar o país das drogas.

De acordo com Ernesto Abella, porta-voz do governo, é preciso considerar o problema das drogas não só como segurança nacional, mas como um problema de saúde pública. “Os índices de criminalidade caíram significativamente, o que nos diz que a maioria desses crimes estava relacionado às drogas”, completou.

— Nesse sentido, é uma questão de ser capaz de ver as coisas da perspectiva certa. Se você ouvir as pessoas, elas dizem que valorizam muito o fato de poderem ir para casa em segurança.

Mas apesar do governo estar clamando vitória, novos casos na capital Manila de corpos nas ruas enquanto cada vez mais pessoas continuam enterrando seus parentes mortos.

Fonte:R7

Postagem mais recente Postagem mais antiga