ULTIMAS NOTÍCIAS

Dono de termas que arrematou biquíni de Luma anuncia strip de loira vestida com peça


O empresário Oscar Maroni, dono de uma grande termas em São Paulo, postou um vídeo nesta quarta-feira comentando a situação delicada de Eike Batista, acusado de pagar propina de 16,5 milhões de dólares ao ex-governador do Rio, Sérgio Cabral. Nas imagens, ele faz uma jogada de marketing e anuncia o strip de uma loira. Até aí tudo bem, se a peça usada por ela não fosse o biquíni que Luma de Oliveira usou para divulgar sua "Playboy", em 2001.

Para quem não se lembra, Maroni e Eike protagonizaram uma briga para ver com quem ficaria o biquíni que a ex-modelo usou em fotos para a revista masculina. A peça foi arrematada posteriormente por Maroni pela bagatela de R$ 6 mil. Na época, ele queria deixá-la exposta em "um hotel no museu da sensualidade da mulher brasileira", que segundo ele já tinha peças de Hebe Camargo, Dercy Gonçalves e Maísa.
Na ocasião, Eike afirmou que se o episódio tivesse se passado na idade média, eles resolveriam a questão com um duelo de espadas. Para resolver o imbróglio, chegou a oferecer R$ 35 mil para reaver a peça usada pela mulher. Já Luma exigiu que a grana arrecadada deveria ser destinada à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). "Espero que o biquíni vá para minha casa e fique na companhia dos meus filhos", disse a musa.

Extra Online

Postagem mais recente Postagem mais antiga