Header Ads

Header ADS

TV Varjota em Destaque - Ao vivo

Ipu(CE):Subtenente da Polícia Militar comete suicídio por enforcamento

O fato foi registrado na manhã deste domingo 19/02/2017, no Bairro Reino de França na cidade de Ipu, quando o policial militar Subtenente Arnaldo acabou cometendo suicídio por enforcamento dentro de sua própria residência.
Subtenente Arnaldo pertencia a gloriosa polícia militar do Estado do Ceará, e era lotado na 1°Cia/7°BPM ( Crateús).
Ultimamente o Subtenente Arnaldo estava afastado das funções da PM , devido a um sério problema de depressão que o mesmo estava enfrentando.
Subtenente Arnaldo era um grande amigo, e a última vez que conversamos foi a cerca de uma semana quando o Subtenente Arnaldo havia dito que sua licença médica acabaria em março e que ainda no mês de março o mesmo voltaria a ativa e que sua vontade era voltar a trabalhar em Tamboril.
Obs: Subtenente Arnaldo era pai do enfermeiro Cleiton que por muito tempo trabalhou no hospital municipal de Tamboril.
O corpo do Subtenente Arnaldo foi encaminhado para o hospital da cidade de Ipu de onde será removido para o IML de Sobral.

VAMOS CONHECER UM POUCO DA SUA HISTÓRIA COMO POLICIAL.


Francisco Arnaldo Gomes Pereira, (sargento Arnaldo ), é natural de Crateús, mais reside na cidade de Ipú.

Filho de Valdomiro Alves Pereira e Maria Gomes Pereira (já falecidos), é casado com a senhora Antonia de Maria Alves Pereira, e pai de 3 filhos: Francisco Cleiton Gomes Alves (formado em enfermagem), Priscila Gomes Pereira e Antonia Patrícia Epifania Silva, e avô de duas netas: Eloiza Mirella e Sofia.





Francisco Arnaldo Gomes Pereira, entrou para a corporação da gloriosa policia militar do estado do Ceará, no ano de 1982, onde passou a trabalhar na segunda companhia (atual 7 BPM - Crateús), que na época pertencia ao terceiro Batalhao de Sobral.Em 1983, Arnaldo foi trabalhar no município de Monsenhor Tabosa, onde no ano seguinte em 1984, foi para a cidade de Sobral onde passou a servir o povo Sobralense. Em seguida o policial Arnaldo, foi trabalhar no município de Tianguá, de onde saiu e foi para Guaraciaba do Norte, tendo mais tarde retornado ao município de crateús, onde após uma temporada foi remanejado para o pilotão de policia sediado no município de Tauá.Em 1987, Arnaldo retorna para a companhia de policia de Crateús, onde em seguida retornou novamente para o município de Sobral, e mais tarde foi trabalhar na vizinha cidade de Reriutaba, e depois foi trabalhar em Viçosa do Ceará.No ano de 2008, Arnaldo foi promovido a cabo, tendo sido em seguida desiguinado para comandar o pilotão de policia sediado na cidade de Ipú, onde prestou um grande serviço deixando sua marca registrada naquele município. Depois cabo Arnaldo ainda trabalhou em Pires Ferreira, são Benedito e depois Nova Russas, tendo no ano de 2011, sido desiguinado para comandar o policiamento no município de Croata, onde em seguida foi promovido a sargento.Já promovido a sargento, o destemido Arnaldo foi trabalhar no município de Juazeiro do Norte, tendo em seguida trabalhado nos municípios de Milagres, Redenção, Missão Velha, Jamacaraú distrito de Redenção, Crato e em seguida retornado para Juazeiro do Norte.Depois de uma temporada na região do Cariri, sargento Arnaldo retorna para o 7 Batalhão sediado no município de Crateús, onde em seguida já no ano de 2011 foi comandar o destacamento de polícia de Tamboril, onde permaneceu até o início de 2015, tendo deixado uma história de sucesso entre as famílias de Tamboril .Após deixar Tamboril, sargento Arnaldo assume o comando do destacamento de policia do município de Ipaporanga onde permanece até o momento.Em reconhecimento ao trabalho deste grande policial, no ano de 2014, sargento Arnaldo foi agraciado com o titulo de cidadão Ipuense, tendo ainda sido homenageado com a medalha de honra Desembargador Moreira (patrono do corpo de bombeiros), e medalha de honra ao mérito de Tiradentes (patrono da PM - CE ).

Fonte:Ipaporanga Noticias
Tecnologia do Blogger.