Header Ads

Header ADS

TV Varjota em Destaque - Ao vivo

Polícia prende duas mulheres envolvidas em morte de garçom reriutabense

Rio - Policiais da Delegacia de Homicídios (DH) prenderam, nesta sexta-feira, Adriana de Lima, 47 anos, e Ana Paula dos Santos Ferreira, 22 anos, por envolvimento no assassinato do garçom Francisco Vagner Fernandes, conhecido como Tartaruga, que trabalhava no Boteco do Gomes, na Rua do Riachuelo, esquina com a Rua Gomes Freire, na Lapa, Centro do Rio.

Francisco foi morto na madrugada do último dia 5, com golpes na cabeça. Segundo o delegado Rodrigo Brand, da DH, Adriana e Ana Paula foram as mandantes do crime. Elas foram indiciadas por homicídio. Os suspeitos de golpearem Tartaruga ainda não foram identificados e localizados.

Relembre o caso

De acordo com testemunhas, por volta das 5h30, dois homens, um deles com uma mochila, entraram no bar e subiram até o 3º andar, onde há um quarto de descanso dos garçons. Chegando lá, mataram Francisco e fugiram pela Rua Gomes Freire, em direção à Central do Brasil.

A Polícia Civil faz perícia no local e analisou câmeras de segurança para saber como o garçom foi morto e identificar os suspeitos. Testemunhas deram duas versões. Em uma, consta que a vítima foi assassinada com golpes de um extintor de incêndio. A outra versão é que o gargçom foi morto a tiros.

Desolada, a irmã da vítima não quis se identificar. "Por que fizeram isso com ele? Ele era meu irmão querido e eu iria vê-lo na segunda-feira", contou. Um colega de quarto, também garçom e que preferiu não revelar o nome, disse que Tartaruga era muito divertido e alegrava o ambiente. "Não sei o que pode ter acontecido para eles fazerem isso com ele. Agora fica um vazio", lamentou.

Fonte:O Dia Online
Tecnologia do Blogger.