ULTIMAS NOTÍCIAS

Homem procurado por homicídio no Ceará foi preso quando fazia testes para PM


A Polícia Civil do Pará prendeu na manhã desta terça-feira (4), em Belém, um candidato do concurso para ingresso na Polícia Militar. Ele era foragido e estava um mandado de prisão expedido pela Justiça do Estado do Ceará, onde responde pelo crime de homicídio.
O homem foi preso no momento em que compareceu para realizar os testes de aptidão física do concurso da PM, na Escola Superior de Educação Física, no bairro do Marco. O suspeito chegou a fazer a prova escrita e foi aprovado para esta etapa do concurso.
O candidato aprovado no teste físico faria ainda exame psicológico para ser admitido na corporação. O suspeito foi identificado pela Polícia Civil e já estava sendo aguardado pelos policiais no local do exame. Ele foi encaminhado para a Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e posteriormente será transferido para o Ceará.

Concurso

O concurso público da Polícia Militar foi realizado no dia 31 de julho de 2016 em Belém e várias cidades do Pará e foi cercado de polêmica. No dia do pleito, 12 pessoas foram presas por fraudar o concurso.
De acordo com a Polícia Civil, as ocorrências envolveram falsidade ideológica, uso de ponto eletrônico e gabaritos falsos. Das 12 detenções realizadas no dia da prova, uma foi em Altamira, quatro em Marabá e sete em Belém, sendo cinco pela Polícia Civil e duas pela Polícia Federal.
O concurso oferece 2.194 vagas para atuar na corporação, com salários que variam de R$ 788 a R$ 5.781,31.

Fonte:G1

Postagem mais recente Postagem mais antiga