ULTIMAS NOTÍCIAS

Assistente de palco do João Kleber, Dayse Brucieri mostra tudo em ensaio sensual


A modelo Dayse Brucieri, assistente de palco do João Kleber, lembra que sua mãe era rígida quando o assunto era sexo e revela que perdeu a virgindade na cama da sua mãe enquanto ela estava no sofá da sala.

- Sou filha única. No primeiro casamento do meu pai ele teve cinco homens e com minha mãe, só eu. Minha mãe sempre pegou no meu pé com relação à virgindade.

Sempre foi um tabu em casa e ela sempre pegou muito no meu pé. Até os meus 16 anos ela fazia eu abrir as pernas para ver se ainda era virgem.

A primeira vez que beijei na boca foi com 14 anos e perdi a virgindade com 19 anos com a minha mãe na sala.

Foi na cama dela! Até os meus 18 anos ela me levava no ginecologista para ver se eu era virgem mesmo.

Hoje vejo que foi importante, foi legal, na época a gente não gosta muito, mas hoje sendo mãe e tendo a idade que tenho vejo que só somou na minha vida.

Ela sempre foi uma mãezona por mais que ela pegava no meu pé a respeito de ser virgem. Ela conversa comigo sobre sexo desde meus 8 anos.

Quem me ajudou a me descobrir, me ensinou muitas coisas, foi ela. Até hoje conversamos sobre sexo, ela sabe tudo da minha vida, quando tenho dúvidas pergunto para ela.

Ela tem um sex appeal gigantesco. Onde ela vai ela chama muito a atenção. Ela é muito linda, afirma a loira de 30 anos.

- Para eu poder me entregar para o meu ex-noivo, para fazer alguma coisa com ele, tinha que pedir para ela porque ela fazia eu abrir a perna para ver se era virgem.

Então pedi para ela, um mês antes de começar a ter relação com ele fomos no ginecologista eu, minha mãe e ele.

Daí comecei a tomar anticoncepcional e daí a primeira vez foi na cama dela e ela na sala. Demorou três dias pois tenho o hímen complacente.

Então para poder perder a virgindade demorou três dias. Perdi a virgindade, ela foi lá e pegou o paninho com sangue. Depois que me entreguei ela mudou um pouco comigo.

Percebi isso, mas ia casar, estava noiva e não tinha mais como segurar. Sem contar que com 16 anos fui para o convento, fiquei até os 17 anos pois queria começar a namorar e ela não queria deixar.

Falei: ‘Ah é, não vai deixar eu namorar, então tá bom!'. Parei de estudar e fui para o convento na época do Carnaval. Quando vi que ia ser noviça e que ia mudar para o Paraná saí do convento. Fui passar o fim de semana em casa e nunca mais voltei para o convento. Caí fora (risos)”, completa.

Dayse Brucieri, que tem 106cm de bumbum, 96cm de busto e 65cm de cintura distribuídos por 1,73m de altura e 65kg.

Fotos: Fabricio Garcia / PressWoman












Postagem mais recente Postagem mais antiga