ULTIMAS NOTÍCIAS

Delegado da Polícia Federal que presidia inquerito sobre morte de ministro é morto em boate


Na madrugada desta quarta-feira (31) dois delegados da Polícia Federal (PF) foram mortos a tiros em uma casa noturna localizada na rua Fúlvio Aducci no bairro Estreito em Florianópolis. Segundo informações preliminares, os dois agentes que não estavam de serviço estavam na casa noturna quando ocorreu um desentendimento no local com outros frequentadores e iniciou um tiroteio.

 As vítimas foram identificadas como Adriano Antônio Soares que era delegado chefe da Polícia Federal em Angra dos Reis e investigou o acidente aéreo que causou a morte do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) e Elias Escobar que atuava em Niterói no Rio de Janeiro. Uma terceira pessoa também foi baleada durante a confusão e seria um dos envolvidos no desentendimento. Ainda segundo informações, pelo menos outros dois homens estariam envolvidos no tiroteio e ainda não foram detidos. As vítimas estavam na cidade participando de um curso e o motivo da discussão ainda não foi informado. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Polícia Civil com apoio da Polícia Federal.

Portal Plantão Policial


Postagem mais recente Postagem mais antiga