ULTIMAS NOTÍCIAS

Vereadores do município de Iracema fazem homenagem a pistoleiro e matador de policiais


A câmara municipal de Iracema - CE, prestou uma homenagem nesta quarta feira 08/11/2017 uma homenagem ao José Delano Diógenes, que foi morreu  durante uma troca de tiros com policiais militares do Rio grande do Norte, no dia 16 de outubro de 2017, no município Cearense de Russas.
Delano Diógenes como assim era chamado , foi homenageado com uma moção de pesar pela sua morte, homenagem está que contou com o apoio de todos os vereadores
Delano Diógenes era acusado de envolvimento com assaltos e considerado pela polícia como um dos homens mais perigoso do Ceará.



Foragido do Ceará morre em confronto com policiais do RN

Considerado um dos criminosos mais perigosos do Ceará, o pistoleiro José Delano Diógenes, 40, morreu baleado, na manhã do dia 16 de outubro de 2017, na cidade de Russas, a 160 km de Fortaleza. Ele foi atingido durante confronto com policiais militares do destacamento de Baraúna, no Rio Grande do Norte (RN). Delano estava foragido da Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) III, em Itaitinga, desde o último dia 10 de junho, e resistiu a uma abordagem da PM potiguar.

Segundo informações da Polícia Civil cearense, o pistoleiro estava fugindo após praticar uma série de roubos de veículos no estado vizinho. Acompanhado por comparsas, Delano havia roubado um Toyota Corolla, em Mossoró, dando início à perseguição policial. Durante a fuga, eles abandonaram o veículo e roubaram um Volkswagen Voyage. Já na cidade de Baraúna, o grupo colidiu o carro. Uma ambulância foi enviada ao local, para prestar socorro, mas o veículo também foi tomado de assalto.


Os criminosos então cruzaram a divisa, por Jaguaruana, e continuaram trocando tiros com os policiais, que revidaram. Em Russas, Delano foi baleado e a ambulância foi alcançada pela PM. Os demais criminosos conseguiram fugir. Os policiais ainda tentaram socorrê-lo, levando o suspeito a um hospital local, mas ele não resistiu aos ferimentos. Junto ao pistoleiro foi apreendido um fuzil calibre 556.


Foragido


Delaninho, como era conhecido, respondia por homicídio, roubos e porte ilegal de arma de fogo. Era ainda investigado por participação em ataques a banco. Estava preso desde junho de 2014, quando foi capturado por um policial cearense enquanto assistia a um jogo da Copa do Mundo, na praça de alimentação de um shopping, no Rio Grande do Norte. Capturado, foi transferido para o Ceará e encaminhado para o presídio Federal de Rondônia.


Em dezembro de 2015, foi alvo de um mandado de prisão, cumprido na unidade prisional, em operação da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), que combatia o tráfico de drogas no Estado. Mais tarde, foi transferido para a CPPL III, que abriga presos que seriam ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC).


Delano seria, inclusive, uma das lideranças locais da facção. Até que, no dia 10 de junho, ele escapou da unidade, juntamente com outros 21 detentos. Desde então, ele estava foragido. Tinha ainda um mandado de prisão em aberto, expedido pela 1ª Vara da comarca de Russas, por suspeita de participação no homicídio do pistoleiro Idelfonso Maia Cunha, o Mainha, em 4 de janeiro de 2011, na cidade de Maranguape.

A Polícia Civil comunicou ainda que o procedimento sobre a apreensão da arma e a guia cadavérica do suspeito, bem como as informações sobre possíveis comparsas do criminoso, serão encaminhados à Polícia Civil do Rio Grande do Norte, que vai dar continuidade às investigações. José Delano já figurou na lista dos mais procurados do Ceará e era um dos líderes da chamada Quadrilha dos Diógenes, que levava o seu sobrenome e seria envolvida na morte de pelo menos dois policiais militares na região do Jaguaribe.

Informações O Povo

Postagem mais recente Postagem mais antiga