Header Ads

Header ADS

TV Varjota em Destaque - Ao vivo

Dois presos são mortos e nove ficam feridos em um tiroteio na cadeia pública de Pentecoste

Dois dos 11 presos baleados acabaram morrendo na UPA quando eram transferidos

Dois presos morreram e outros nove ficaram feridos durante um tiroteio ocorrido nas dependências da cadeia pública do Município de Pentecoste (a 88Km de Fortaleza) na manhã desta quarta-feira (7). Uma briga entre os detentos, supostamente motivada pela rivalidade entre facções criminosas, teria gerado o incidente. A PM cercou o local e já controlou a situação. Os feridos estão sendo medicados na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A cidade recebeu reforço policial.

Conforme informações da PM local, houve um tiroteio envolvendo detentos de celas diferentes. No confronto, 11 foram baleados e destes, dois morreram quando recebiam os primeiros atendimentos de emergência na UPA. Seus nomes não foram ainda revelados.

O comando da PM de Pentecoste, major PM Adrianízio Paulo, entrou na cadeia e negociou a rendição dos presos que estavam armados. Ao menos duas armas de fogo foram encontradas no local. São dois revólveres de calibre 38. A PM também encontrou nas celas várias armas brancas, sendo sete facas e cinco “cossocos”.

Lotada

O tiroteio chamou a atenção das pessoas que passavam pelas proximidades da cadeia e logo estas acionaram a Polícia. O prédio foi cercado enquanto eram acionados reforços dos Destacamentos de Municípios próximos como Apuiarés e Itapajé. O Comando do Policiamento do Interior Norte (CPI-Norte) também foi mobilizado. Uma equipe do Comando Tático Rural (Cotar) foi deslocada para dar apoio às demais patrulhas.

Os corpos dos dois detentos mortos permanecem na UPA mas serão trazidos para Fortaleza nas próximas horas e encaminhados à Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

Na mais recente contagem feita pela Gestão Carcerária da Secretaria da Justiça e da Cidadania, a Cadeia de Pentecoste contava com cerca de 95 presos em suas celas, enquanto a capacidade real de acomodação é para até 40 detentos, o que caracteriza a superlotação.

Informações Fernando Ribeiro
Tecnologia do Blogger.