Header Ads

Header ADS

TV Varjota em Destaque - Ao vivo

Vereadora do PSOL é executada a tiros no centro do Rio








Execução é a principal linha de investigação para o assassinato da vereadora do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), Marielle Franco, 38 anos, e de seu motorista, Anderson Pedro Gomes, 39. O crime ocorreu no Estácio, na região central do Rio, na noite desta quarta-feira, dia 14 de março.
Segundo testemunhas, um carro emparelhou com o veículo em que ela estava - o Agile Branco placa KVS 6213 - e dois criminosos efetuaram diversos disparos contra os dois ocupantes, que morreram na hora.

O crime ocorreu na Rua João Paulo, na altura da Rua Joaquim Palhares. Ela tinha acabado de sair da Rua dos Inválidos, na Lapa, onde participou de um encontro na Casa das Pretas. O evento reuniu mulheres jovens negras que tentam mover as estruturas por uma sociedade mais igualitária.
Policiais do 4°BPM já estão no local aguardando a chegada de equipes de Divisão de Homicídios (DH).

Socióloga, Marielle foi eleita vereadora da Câmara do Rio com 46.502 votos. Ela se formou pela PUC-Rio e fez mestrado em Administração Pública pela Universidade Federal Fluminense (UFF).
A vereadora coordenou a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), ao lado do deputado Marcelo Freixo.

Informações Roberta Trindade
Tecnologia do Blogger.