Header Ads

Header ADS

TV Varjota em Destaque - Ao vivo

Polícia Civil e Cotar prendem elementos acusados de fazerem parte de facção que planejava matar autoridades de Crateús



Mais uma parceria de sucesso foi realizada por equipes da Polícia Civil comandadas pela delegada Regional Doutor Ana Scotti e equipes do COTAR no combate ao crime em Crateús.

As diligencias foram realizadas nesta sexta(11) e resultaram em três prisões e apreensões de armas e drogas, além de um rádio de comunicação na frequencia da Polícia Militar.

Durante a diligências por volta das 14:30 na rua 05, Conjunto Frei Damião Bairro dos Venâncios, policiais prenderam: Luiz Mitanael Araújo Costa, vulgo Luizinho- 19 anos, natural de Crateús, solteiro, residente no Conjunto Frei Damião. Na residência do mesmo policiais apreenderam um rádio HT de comunicação na frequência da Polícia Militar, um revólver Taurus calibre 38, ainda 4 cartuchos intactos e também 21 trouxas de maconha totalizando 18 g , 4,30 centavos e um celular Samsung.

As diligências continuaram e logo em seguida foi preso: Francisco Ronaldo Sousa Cavalcante -19 anos, solteiro, agricultor, residente à Rua Danilo Claudino 154 Vila José Rosa. O mesmo foi preso por volta das 16:50 e na residência, policiais apreenderam um revólver Taurus calibre 38. As diligências prosseguiram e um terceiro acabou sendo preso: Luciano Dias de Souza, vulgo Luciano gago- 24 anos, solteiro,agricultor, residente no Conjunto Frei Damião. No quintal da residência do mesmo foi apreendida uma quantidade de crack( cerca de 190 gramas). Na mesma operação foram apreendidos ao todo cerca de 10 munições intactas calibre 38.

Ele foi preso por volta das 19:00 horas e de acordo com o que foi apurado ele seria o proprietário da arma apreendida na residência de Ronaldo. Em entrevista a nossa reportagem a delegada Regional relatou que as pessoas presas, fazem parte da facção criminosa Comando Vermelho(CV), facção esta que planejava matar autoridades do município de Crateús como a própria delegada,o promotor de justiça Dr José Arteiro, o juiz Dr Francisco Gilmário e um agente penitenciário.

Ainda segundo Ana Scotti, essas pessoas estariam sendo comandados pelo presidiário crateuense Anderson Bruno, que encontra-se preso em Fortaleza. Segundo ela, gago seria o braço direito de Anderson. Eles estariam fazendo crimes em Crateús a mando de Anderson Bruno. Também estariam ligados ao crateuense preso em Fortaleza Talysson Mourão.
Todos foram conduzidos para a Delegacia Regional de Polícia Civil onde foram autuados em flagrante.

Luizinho foi autuado por posse ilegal de arma e tráfico. Ronaldo foi autuado por posse ilegal de arma e associação para o tráfico, Luciano
Gago foi autuado porte ilegal de arma e associação para o tráfico.

A operação foi considerada de sucesso realizada pelas polícias nesta sexta em Crateús. O trabalho de levantamentos, principalmente relacionado ao caso das ameaças contra as autoridades irá prosseguir.

FONTE: Tony Sales
Tecnologia do Blogger.