Header Ads

Header ADS

TV Varjota em Destaque - Ao vivo

Bandidos trocam tiros com o Cotar após apreensão de carga contrabandeada. Chefe da quadrilha morre no confronto



Um homem foi morto e outros sete presos numa operação policial realizada na tarde desta quinta-feira (12), no Litoral Norte do estado, quando uma quadrilha trocou tiros com policiais militares do Comando Tático Rural (Cotar), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque). O confronto ocorreu na Praia do Morgado, em Acaraú (a 230Kmde Fortaleza) quando o bando transportava em duas vans um carregamento de cigarros contrabandeados do Suriname estimado em cerca de R$ 3 milhões.

Na Praia do Morgado, a mercadoria ilegal foi retirada dos porões de um barco que fez a viagem clandestina trazendo a mercadoria contrabandeada. A Polícia Militar montou uma operação terrestre com o apoio de um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer). Após a prisão dos suspeitos e retenção da mercadoria, a PM conduzia os presos para a cidade de AScaraú quando outra parte da quadrilha tentou resgatar os comparsas das mãos da Polícia.

Na troca de tiros entre policiais e bandidos, um homem que era apontado como chefe da quadrilha foi baleado e morto, sendo identificado como Francisco Jairo da Cunha. O confronto ocorreu quando um dos caminhões que transportava a mercadoria apreendida atolou na estrada. Os criminosos surgiram em uma caminhonete Hilux e passaram a atirar contra as patrulhas do Cotar, que revidaram. O bandido baleado ainda chegou a ser levado para o hospital municipal de Acaraú, mas não resistiu.

Prisões e apreensões

Além do bandido que morreu no confronto com o Cotar, foram presos como envolvidos nos crimes de contrabando e organização criminosa as seguintes pessoas: José Edilson Amâncio, 51 anos; George Pedro de Oliveira, 40; Wesley Sousa Pessoa, 22; Jonh Aglairton Lemos de Castro, 38; David de Sousa, 37; Francisco Wagner de Araújo, 18; e Flávio Menezes da Silva, 31.

O bando preso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia da cidade de Cruz (a 235Km de Fortaleza) e, em seguida, transferida para Fortaleza, sendo encaminhada à Superintendência da Polícia Federal. O corpo do homem morto no tiroteio com a PM foi encaminhado ao Núcleo da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), da cidade de Sobral.

Blog do Fernando Ribeiro
Tecnologia do Blogger.