Header Ads

Header ADS

TV Varjota em Destaque - Ao vivo

Major PM sofre ameaça de facção e deixa condomínio onde morava com a família



O temor de vir a ser assassinado por uma facção criminosa levou um oficial da Polícia Militar do Ceará a mudar de endereço, sair do condomínio onde morava com a família e se transferir para outro endereço. A notícia “vazou” nas redes sociais e foi confirmada, em áudio, pelo próprio militar. As ameaças ao major, que é comandante de um batalhão no interior do estado, vieira após o muro do condomínio ser pichado com figuras de palhaços, que, na linguagem policial significa morte a policiais. O comando da corporação ofereceu segurança ao major.

Nas redes sociais, o major explica sua decisão de ir embora do condomínio onde morava com a família. “É triste senhores, mas é verdade. Moro aqui numa área de conflito e aqui bem próximo do condomínio é a Favela Vertical. Não vou correr o risco de deixar a minha família aqui. Vou para outro canto. Não vou Mem arriscar, não vou entrar num jogo com risco de perder. Vou ter que sair daqui”, diz o oficial.

O áudio circula nas redes sociais desde o fim de semana. Ainda de acordo com o oficial, um reforço policial foi colocado à sua disposição pelo Comando do Policiamento da Capital.

O condomínio onde mora o major fica próximo ao bairro (Vila Manuel Sátiro), onde na última quinta-feira (23), quatro policiais militares foram assassinados, a tiros, dentro de um restaurante enquanto almoçavam. O crime foi praticado por ordem de um traficante que está em um presídio da Grande Fortaleza. Sete suspeitos foram detidos e outro acabou sendo assassinado, além de outro que tombou em confronto com policiais no momento da prisão.

(Blog do Jornalista Fernando Ribeiro)
Tecnologia do Blogger.