Header Ads

Header ADS

TV Varjota em Destaque - Ao vivo

Feriadão da Independência do Brasil termina sangrento no Ceará com 66 mortos



A violência dominou o estado do Ceará no feriadão da Independência. Nada menos, que 66 pessoas morreram em acidentes de trânsito ou foram assassinadas no período compreendido entre a noite de quinta-feira, 6 (início da Operação Independência), e a madrugada desta segunda-feira (10). As autoridades registraram 49 homicídios e mais 17 óbitos em desastres.

Os 49 homicídios foram assim distribuídos no estado: 19 em Fortaleza, 10 na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), 15 no Interior Norte e outros cinco no Interior Sul.

Já as 17 mortes no trânsito ocorreram todas no Interior, sendo nove na Região Sul e oito na Norte.

Assassinatos

Em Fortaleza, os 19 homicídios foram registrados nos seguintes bairros: Quintino Cunha (3), Jangurussu (2), Vila Manuel Sátiro (2), Granja Portugal (2), Conjunto São Cristóvão, Serrinha, Barra do Ceará, Aerolândia, Messejana, Edson Queiroz, Genibaú, Conjunto Palmeiras, Fátima e Cidade dos Funcionários.

Na Região Metropolitana de Fortaleza, 10 pessoas foram mortas nos seguintes Municípios: Caucaia (3), Maracanaú (2), Pacatuba (2), Horizonte, Pacajus e Cascavel.

No Interior Norte, 15 assassinatos foram registrados nos Municípios a seguir: Itapipoca (2), Tianguá (2) , Sobral (2), Itapajé, Madalena, Forquilha, Palmácia, Chaval, Ibiapina e Crateús, além de dois bandidos mortos em confronto com a Polícia, no Distrito de Amanaiara, na zona rural do Município de Reriutaba.

No Interior Sul, cinco assassinatos ocorreram nos seguintes Municípios: Crato, Acopiara, Quixadá, Brejo Santo e Missão Velha.

Trânsito

Dezessete pessoas morreram em conseqüência de acidentes de trânsito no Ceará entre a noite de quinta-feira (6) e o começo da madrugada desta segunda (10). Os acidentes fatais ocorreram nos seguintes Municípios: Crato (cinco mortos), Pires Ferreira (3 mortos), Sobral (3), Tabuleiro do Norte (2), Quixeramobim (2), Boa Viagem e Santa Quitéria.

Informações Fernando Ribeiro
Tecnologia do Blogger.