Header Ads

Header ADS

TV Varjota em Destaque - Ao vivo

Violência doméstica: Mulher pula dois muros para não ser agredida a pedradas pelo marido, na zona rural de Ipu




A Delegacia de Polícia Civil de Ipu continua recebendo casos de violência doméstica, embora exista uma lei rigorosa que ampare e defenda as mulheres vítimas da estupidez e da truculência de maridos violento, psicopatas, possessivos, doentes de ciúmes.

Nesta segunda-feira (17/09) uma jovem mãe de 26 anos, residente no distrito de Abílio Martins, não suportando mais a pressão, a violência contínua do esposo, denunciou o mesmo na Delegacia de Polícia Civil de Ipu.

Os ataques mais recentes aconteceram neste domingo (16/09) quando a mulher teve que se esconder na casa de uma vizinha, porque o acusado correu atrás da mesma com uma pedra na mão para agredi-la. Depois a vítima pulou dois muros dos quintais para chegar em casa e lá ficar confinada. O homem teria também queimado sua roupas e documentos de benefícios sociais.

Repórter Francisco José

Tecnologia do Blogger.