Header Ads

Header ADS

TV Varjota em Destaque - Ao vivo

Corpo encontrado sem a cabeça seria da filha de um traficante, segundo pistas da Polícia




A Polícia informou, agora há pouco, que tem pistas para identificar o corpo encontrado decapitado na Zona Oeste de Fortaleza, na manhã desta terça-feira (30). O cadáver sem a cabeça seria de uma garota filha de um morador da comunidade do Álvaro Weyne. O homem seria traficante de drogas, conhecido pelo apelido de “Careca” e a filha pode ter sido assassinada de forma tão brutal pelos inimigos do pai. O crime estaria ligado à disputa de território por facções criminosas.

O corpo sem a cabeça foi deixado às margens da Lagoa do Urubu, no limite dos bairros Álvaro Weyne e Jardim Iracema, área de alto risco e onde a Polícia Militar mantém uma ocupação constante devido ao enfrentamento das facções nas ruas.

Por volta de 8 horas, o corpo da garota foi encontrado semidespido às margens da Lagoa do Urubu. A cabeça dela foi cortada e levada pelos assassinos. O restante do corpo foi deixado em meio a uma poça de lama. Há suspeitas de que a garota pode ter sofrido abuso sexual.

Equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já estão investigando o caso em busca de pistas que possam levar aos criminosos. O pai da garota também será localizado e interrogado sobre a hipótese de que a morte da filha seria uma vingança, represália ou um “acerto de contas” de traficantes.

Fernando Ribeiro
Tecnologia do Blogger.