Header Ads

Header ADS

RÁDIO VARJOTA - AO VIVO NA TV

Funcionário do IML é demitido após ser flagrado fazendo sexo com cadáver

IML de Manaus onde funcionário foi flagrado em cima de corpo (Reprodução/Google Street View)


Um auxiliar de necropsia foi demitido juntamente com um auxiliar administrativo do IML (Instituto Médico Legal) de Manaus depois de serem acusados de cometer “faltas funcionais graves” durante o expediente. Um deles é suspeito de praticar necrofilia.

De acordo com servidores do instituto que preferiram não se identificar, os suspeitos aproveitaram a vitória do Flamengo na Libertadores, no último sábado, dia 23, e resolveram beber e ir trabalhar. Depois, um deles foi flagrado por um perito em cima de um dos corpos na sala de necropsia.

Em nota, o DPTC (Departamento de Polícia Técnico-Científica do Amazonas) informa que pediu abertura de um inquérito policial para investigar denúncias de prática de necrofilia por um auxiliar de necropsia do órgão. O caso está sendo investigado pelo 27º DIP (Distrito Integrado de Polícia).

Segundo os relatos, o auxiliar foi flagrado na sala de necropsia, na madrugada do domingo 24 de novembro. Assim que adentraram ao local, encontraram o homem arrumando as calças enquanto descia subitamente de uma mesa de necropsia onde havia um cadáver do sexo feminino.

O caso está em investigação pela Polícia Civil. Seguindo determinações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), o DPTC afirmou ter tomado todas as medidas cabíveis para o esclarecimento célere das denúncias.

Fonte: R7
Tecnologia do Blogger.