Header Ads

Header ADS

RÁDIO VARJOTA - AO VIVO NA TV

Pires Ferreira: Preso do semi-aberto é acusado de ter matado idosa e estuprado




O fato ocorreu no dia  (18/01/2020), por volta das 07h00min, quando a PM foi  acionada por uma senhora  residente na Rua Domingo de Matos S/N, Centro de Pires Ferreira , onde a mesma informou que sua cunhada acabara de ser encontrada sem vida no interior da própria residência, onde a mesma residia sozinha.

Segundo a solicitante, vizinhos falaram terem ouvido à vítima pedir socorro, por volta das 03h00min, mas que ninguém foi até a residência da mesma, tendo em vista ela ter problemas mentais e terem imaginado que estaria tendo alucinações.

De imediato a composição Policial foi  até o local, onde comprovaram a veracidade do fato e acionaram os profissionais da perícia forense do IML de Sobral, que compareceram ao local por volta das 10h30min e realizaram todos os trabalhos pertinentes ao caso e conduziram o corpo para o IML supracitado.

Segundo o perito Josemir o corpo não apresentava nenhuma lesão externa, mas constatou a suspeita de possíveis lesões na genitália, que só seriam comprovadas ou não pelo médico legista no IML.

A vítima foi a senhora:  Maria das Graças de Sousa Pereira, filha de José Alves de Sousa e de Luiza Alves de Sousa, 66 anos,  natural de Ipu,  viúva, aposentada e residente na Rua Domingos de Matos, Centro de Pires Ferreira.

DESFECHO FINAL: A nossa reportagem apurou que a polícia civil já desvendadou o Crime, e o acusado teria sido o próprio vizinho da vítima, identificado como :. Paulo Victor Nascimento Sales, solteiro, natural de Maranguape, 18 anos, Residente na Rua Domingos Matos - Centro de Pires Ferreira.

Vale ressaltar que Paulo Victor havia sido preso no mês de novembro de 2019, acusado de tráfico de drogas, e havia saído do presídio recentemente onde cumpria pena no regime semiaberto e  era monitorado por uma tornozeleira eletrônica.

Neste domingo 26/01/2020,  policiais conduziram o acusado até a delegacia de polícia civil de Tianguá, onde foi ouvido pó Delegado plantonista.

Segundo informações colhidas com exclusividade pela reportagem do Blog Ipaporanga Notícias, Paulo  Victor em seu depoimento confessou a autoria do crime bem como a violência sexual contra a idosa.
A senhora Adriana ( mãe de Paulo Victor) também teria afirmado para os PMs  que o seu filho teria matado a aposentada, e que após o crime o mesmo  teria tirado a tornozeleira eletrônica e fugido.

Após ser ouvido, o acusado foi liberado.

A nossa reportagem foi em busca de saber o motivo pelo qual Paulo Victor tinha sido liberado mesmo tendo confessado a autoria do crime, e fomos informado que o motivo teria sido pelo fato de não existir mais l flagante e também por não existir nenhum mandado de prisão contra o indivíduo.

Ainda segundo informações colhidas pela reportagem, a vítima foi morta por asfixia (estrangulamento) e depois estuprada.

Vale ressaltar que a polícia civil através da Delegacia de polícia do município do Ipú (responsável por Pires Ferreira), já está por dentro do caso e as providências já estão sendo tomadas.

Vale ressaltar que este foi o segundo Homicídio registrado no mês de janeiro na região do 7°BPM.

Com informações do Ipaporanga Noticia
Tecnologia do Blogger.