Header Ads

Header ADS

Jovem morre a facadas e tem cabeça arrancada e levada até casa da mãe

 A adolescente de 17 anos, Larissa Aurélia da Costa Silva, foi morta a facadas e depois teve a cabeça decapitada nesta sexta-feira, em Rio Branco, no Acre. O principal suspeito do crime é o ex-companheiro, que exerceu a função de policial penal. O homem teria levado a cabeça da vítima até a casa da mãe dela.
A família da vítima não quis comentar o crime e de acordo com o delegado responsável pelo caso, Martin Hessel, as investigações começaram. Os agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) trabalham para conseguir prender o responsável pelo crime.

O casal estaria junto há pelo menos dois anos e a polícia investiga para saber como era o relacionamento dos dois. "O que sabemos é que houve uma discussão entre eles e, nessa discussão, o autor, em posse de uma faca, desferiu os golpes e depois cortou a cabeça dela. São as informações que a gente tem, inicialmente", informou.

O corpo de Larissa foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) da capital para exames.

Informações O Dia
Tecnologia do Blogger.