Header Ads

Header ADS

Operação que apreendeu carros de luxo e dinheiro investiga sucessão do crime organizado em Itapipoca



A Operação Dominus, deflagrada nesta quinta-feira (23) pela Polícia Civil, busca investigar a sucessão do crime organizado em Itapipoca após o assassinato do Francisco Talvane Teixeira, de 47 anos, em abril de 2019, então apontado como líder do crime na região. Dezesseis mandados de busca e apreensão foram cumpridos e três pessoas foram presas em flagrante.

"A investigação visa apurar eventuais crime de organização criminosa, tráfico de drogas e lavagem de dinheiro sobretudo", afirmou o delegado adjunto da  Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (Draco), Alisson Gomes, durante coletiva no fim da manhã desta sexta-feira (24).

Talvane Teixeira foi morto em frente a um restaurante no Bairro Cidade 2000, em Fortaleza, após almoçar com seus advogados. Ele era condenado por homicídio e assalto e foi assassinado por três suspeitos encapuzados.

As investigações estão a cargo da Draco. Nesta segunda fase da operação, os policiais realizaram diligências nos municípios de Fortaleza, Itapipoca, Amontada e Bela Cruz. Cerca de R$ 300 mil em espécie, três carros de luxo, relógios e duas pistolas foram apreendidos.

O material apreendido será analisado para dar continuidade as investigações. A identidade dos presos não foi revelada pela polícia para evitar interferências no caso.

Diario do Nordeste

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.